quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Rob fala sobre Kristen Edward e Twilight *o*


A lenda de um amor inatingível
Introdução: O terceiro capítulo da saga “Twilight”, Eclipse, foi um sucesso.
Edward ama com paixão, mas sem sexo, e esse fato aumenta os sentimentos. E as mulheres se apaixonaram também por um amor tão perto e tão longe.
Robert Pattinson parece não entender completamente razões para este sucesso. Tantas mulheres querem vê-lo só dessa forma, como um vampiro romântico.
Ele ganhou muito dinheiro ($ 17.000.000, segundo a Forbes) com esse personagem e Summit ganhou muito dinheiro também.

Entrevista com Robert Pattinson:

Como é o Edward, o que mais lhe interessa na medida neste personagem?

Pattinson: Edward pensa que não merece viver de forma alguma, ele gostaria de parar de ser anti-social e fazer alguma coisa na vida. Ele não é um anti-herói, ele é um super-herói, mas ele não admite. Ele está feliz por ter poderes, mas em cem anos ele nunca tinha feito nada para outras pessoas. Edward gostaria de ser uma pessoa como outra qualquer, e se odeia por ser uma aberração.

Como você era como estudante?

Pattinson: Eu era um cara chato, um cara normal.

Você escreveu e cantou uma canção na trilha sonora de “Twilight”. Como isso aconteceu?

Pattinson: Eu toquei uma vez a música na minha casa em Londres com dois amigos meus. Após 6 meses, eu ouvi novamente aquela música e escrevi a letra… mas isso é uma longa história que terminou na trilha sonora de “Twilight”.

Então, atuar é a sua profissão e a música é algo para você mesmo?

Pattinson: Você não pode ser um ator para você mesmo.

Você se preocupa com as pessoas poderiam dizer sobre sua música? O que dói mais? Críticas sobre a sua música ou sobre sua atuação?

Pattinson: Como ator você tem que viver com as críticas. Eu quero saber o que as pessoas pensam sobre a minha música, mas eles podem ser influenciados pela crítica ruim, mas, no final eu acho que isso não é muito importante porque acho que nunca vou vender a minha música.

Você tem uma cena no filme que você mais ama?

Pattinson: Bella se sente culpada depois de beijar Jacob. Edward é o compreensivo. É um belo momento. Talvez seja a única cena em que eu diria que ele é um cara bom, ninguém é capaz daquilo. Nos filmes anteriores ele sempre tomou decisões por ele e por Bella e, pela primeira vez, ele deixa a escolha para ela, porque ele quer desesperadamente estar com ela, então ele espera por ela. Ele só tem que esperar por ela voltar.

Você é o vampiro romântico, seu inimigo é um lobo com tanquinho. Um contraste estranho.

Pattinson: É engraçado pensar que eu deveria ter um tanquinho também, se você se refere aos livros. Mas eu não me apresentei aos treinos.

Será que você lutaria por uma mulher?

Pattinson: Certamente sim, mas não pelo amor, talvez por orgulho.

Edward pensa como um homem de cem anos atrás. Você concorda com ele sobre sexo antes do casamento? Que moral você segue para você mesmo, o presente ou o de 1900?

Pattinson: O do presente!

Então você concorda com o sexo antes do casamento?

Pattinson: Eu acho que todo mundo faz isso (risos). Sempre foi desse desse jeito, e pessoas que não admitem são hipócritas. Eles têm que se mostrar como virgens, porque você tem que dizer isso.

Você disse que este filme (Eclipse) é sexy, apesar de não ter sexo. O que é sexy para você?

Pattinson: A espera. O momento em que teme que o outro não queira você, e você não sabe se haverá algo mais. O medo aumenta o desejo.

Como você se sente ao trabalhar com a Kristen de novo?

Pattinson: É muito mais fácil e muito difícil ao mesmo tempo. Kristen é uma atriz tão séria e ela me empurra para atuar como o meu melhor. Ela tem uma mente mais rápida, tenho que pensar mais do que ela. Ela gosta de dizer a sua opinião sobre o meu trabalho e às vezes ela me deixa irritado.

Ela te obriga a repetir as cenas para atuar de uma maneira melhor?

Pattinson: Ah sim, ela vai direto para o diretor dizendo: “Vamos fazer isso de novo”. Sorte que isso não acontece com tanta frequência.

E se você pedir a mesma coisa a ela?

Pattinson: Ela iria me matar.

Você está trabalhando muito agora, você ainda tem tempo para ver futebol?

Pattinson: Eu coloco para gravar quando posso. Se fosse possível eu teria ligado a TV atrás de você.

O que é para você seu dia ideal?

Pattinson: Meu dia ideal é aqui em Los Angeles, pegar um carro e ir para as montanhas, ver a natureza, eu não preciso de nada mais.

Você não parecem apreciar toda essa atenção ao seu redor. Você tem medo de negatividade?

Pattinson: Eu temo eventos inesperados. Faço entrevistas apenas se são sobre filmes e eu não tenho uma vida irregular de forma alguma. Então, qualquer coisa que você leia sobre mim são invenções. Você tem que estar sempre preparado para imprevistos.

Então na vida há mais coisas ruins do que coisas boas?

Pattinson: Sim, mas quem se importa com as coisas ruins? Todo mundo só quer saber apenas coisas ruins sobre você.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada

The Twilight Saga - Breaking Dawn - Part 2