sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Como 'Amanhecer' veio parar aqui!



Com as filmagens de “Velozes e Furiosos 5″, que acontecem neste instante no Rio, e da chegada de Robert Pattinson e Kristen Stewart para cenas românticas de “A Saga Crepúsculo: Amanhecer”, a Cidade Maravilhosa virou um grande cenário hollywoodiano. Até parece a era de ouro do cinema, nos anos 40, quando Walt Disney e Orson Welles vieram filmar no Brasil.
Para comentar esses novos tempos, Sérgio Sá Leitão, presidente da RioFilme, atendeu a Pipoca Moderna numa rápida entrevista por email. Confira a troca de perguntas e respostas:
Robert Pattinson e Kristen Stewart estão chegando mesmo amanhã no Rio? Qual será o cronograma de filmagens de “Amanhecer”?
Não posso me pronunciar a respeito de datas e locais. O sigilo é parte fundamental do acordo que viabilizou a filmagem de “Amanhecer” no Rio. Apenas confirmo que, salvo algum problema de última hora, está tudo certo. “Amanhecer” terá cenas filmadas no Rio em novembro. Isso representa um investimento de US$ 2 milhões na cidade.
Como foi todo o processo de negociações com a produção de “A Saga Crepúsculo: Amanhecer” e o que fez com que eles perdessem o medo da violência do Rio, que era o motivo alegado para não filmarem na cidade?
A conversa começou no American Film Market de 2009 e prosseguiu em 2010. A Paris Filmes foi importante. A segurança era apenas um dos pontos em discussão. O fator decisivo foi o apoio da Prefeitura e do Governo do Estado, por meio da Rio Film Commission, da RioFilme e da Secretaria de Estado de Cultura.
Essas filmagens de blockbusters no Rio, especialmente “Amanhecer”, que é um filme romântico, podem ser encaradas como uma forma de mostrar um outro lado da cidade, em contraste à temática de crime do atual cinema brasileiro – o Rio violento de “Cidade de Deus” e “Tropa de Elite”?
Receber produções internacionais de peso na cidade é importante basicamente por dois fatores: atração de investimentos para a indústria audiovisual carioca (e outros setores); e promoção global do Rio. Isso só é possível porque há profissionais e infraestrutura com padrão global aqui. E temos tais ativos porque há uma forte produção local.
Sylvester Stallone reclamou da segurança durante as filmagens de “Os Mercenários”. Sua produção teve equipamentos furtados durante filmagens no estado. E após sua visita a São Paulo, para divulgar o filme “Lua Nova”, o Taylor Lautner considerou as fãs brasileiras da “Saga Crepúsculo” as mais histéricas do mundo. Haverá algum reforço na segurança dos astros que estão chegando, seja em relação a fãs ou a problemas como os enfrentados pela equipe de Stallone, numa parceria com o governo estadual? Existe um planejamento estratégico ou a segurança, inclusive durante as filmagens, será totalmente privada?
Desconheço os problemas de segurança enfrentados pela produção de “Os Mercenários”. Mas posso dizer que, nos casos de “Velozes e Furiosos 5″ e “Amanhecer”, o planejamento é profissional e envolve tanto segurança privada quanto o apoio da Prefeitura e do Governo do Estado. Todas as providências foram tomadas para que não haja problemas.

Nenhum comentário:

Pesquisa personalizada

The Twilight Saga - Breaking Dawn - Part 2